Alimentação Saudável · Alteração de Hábitos · Exercício Fisico · Nuticionista · Paleo · Paleo-ish · Recomeços

Agora em Kg… Quantos já perdeste?

Quando as minhas dores me deram o click para “um basta!” de tanto peso, falei com a Tânia porque sabia que o que queria e me propunha a fazer estava dentro dos parâmetros e conceitos em que acredita e pratica!

Deixo-vos a avaliação que me foi feita pela Tânia, a nutricionista que me está a acompanhar nesta aventura:

” O que nos propusemos:

  • Reeducação alimentar, com base num regime paleo:
    • Exclusão de alimentos que contenham glúten
    • Exclusão de leite e derivados
    • Exclusão de alimentos processados, refinados e com açúcar de adição
    • Refeições principais compostas por fontes proteicas animais (carne, peixe, ovos) acompanhadas com legumes
    • Aumento da ingestão de alimentos ricos em ácidos gordos essenciais (frutos oleaginosos e sementes), sobretudo como forma de enriquecer snacks
    • Jejum de 12h (maioritariamente feito no período da noite)

Inicialmente não foi aconselhada uma dieta completamente restrita em hidratos de carbono, sendo a batata, batata-doce e algumas leguminosas algumas opções disponíveis. Contudo, destas opções a única escolhida pela Sónia para ingerir de forma esporádica, foi a batata-doce.

O jejum de 12h foi levado tão à risca que na maioria dos dias se estende às 18h. Veremos se poderá ter tido implicações!

1 mês e 12 dias depois, os resultados, do ponto de vista da composição corporal foram os seguintes:

  • Menos 7,7 kg
  • Menos 2% de Massa Gorda (perda generalizada em todos os segmentos corporais)
  • Redução de 2 valores de gordura visceral
  • Mais 2% de água
  • Menos 2,4kg de Massa Muscular

Sem dúvida que esta perda de massa muscular pode ser o único aspecto menos positivo desta nossa viagem. Contudo, nunca nos podemos esquecer da individualidade inerente aos processos de mudanças de hábitos: só existe uma Sónia e mais do que nunca, este processo tem de ser feito à sua medida.

Para o próximo mês, as minhas sugestões são as seguintes:

  • Introdução de uma terceira refeição, a meio da tarde, rica em proteína e gordura
  • Reforço proteico após o treino
  • Reajuste nos horários das refeições / Jejum, sempre mantendo o princípio de respeito pelos mecanismos de saciedade
  • Reforço muscular com treino de força”.

Tânia Camões – Nutrição
Facebook – @taniacamoesnutricao

Alguns querem mudar e outros não

De facto eu fiz mais restrições na minha “dieta” alimentar do que as que me tinham sido indicadas pela Tânia, mas não me obriguei a tal e não me senti privada de nada!

Durante 1 mês e 12 dias, dando um pequeno exemplo, comi feijão preto duas vezes porque o preferi às batatas fritas e arroz que acompanhavam a picanha 😉 é tudo uma questão de escolhas! Ao contrário do que possa parecer não ando a contabilizar as vezes que como isto ou aquilo, não faz parte do nosso plano, simplesmente tenho cuidado com o que ingiro pois tenho um objectivo bem definido e dores que diariamente me recordam que o meu excesso de peso não é meu amigo.

Em relação a esta pequena vitória contra os quilos que tenho a mais:

  •  Sinto mais energia e durmo melhor
  • Deixei para trás o único par de calças que conseguia vestir nos últimos tempos
  • Envolvi a família neste processo com grandes alterações em conjunto
  • Faço mais “coisas” fora de casa com o meu filho pois a disposição é muito mais positiva
  • A minha força de vontade e auto-estima parecem aumentar a cada dia

A perda de massa muscular não era e não é um objectivo pois é uma parte de mim que tenho que reforçar bastante por várias razões, tais como problemas de coluna, postura, flacidez pela perda de peso…

Visto eu ainda só estar a fazer caminhadas não estou a reforçar onde mais preciso, sei isto agora porque tanto a minha nutricionista como a minha osteopata me o fizeram ver. Este é um bom exemplo para apoiar a ideia de que acho essencial haver um acompanhamento profissional numa alteração de hábitos tão acentuada, não há como sabermos tudo à cerca de tudo e por vezes podemos estar a fazer algo errado que tem que ser reajustado por “quem de direito”!

A Tânia redefiniu o nosso plano, com o qual estou de acordo, e a partir de agora o dia-a-dia vai ser diferente! O que é bom pois vou acrescentar mais mudanças à minha vida que, desde que positivas, são sempre bem-vindas!

LifeStyle Change

Vou partilhando convosco esta aventura aqui no blogue, na minha página no Facebook e, com alguns artigos tanto meus como da Tânia, no site do nosso parceiro Vitamina-te.

 Fiquem por cá, gosto da vossa companhia ❤

Anúncios

One thought on “Agora em Kg… Quantos já perdeste?

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.